O presidente da Federação Nacional da Polícia Federal (FENAPEF), Luis Boudens, desembarcou em Salvador para participar do II Congresso Internacional de Segurança e Defesa, na Escola de Administração e Faculdade de Direito, aqui na capital baiana.

Em entrevista ao Programa do Trabalhador, da Rádio Metrópole, neste sábado (10), Boudens comentou sobre o miniscurso que fez abordando o Ciclo Completo e Carreira Única da Polícia Federal.

Já o presidente do Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (SINDIPOL-BA), José Mario Lima, falou no Programa do Trabalhador sobre a informação de que o delegado Filipe Pace, da Lava Jato em Curitiba, teve que atuar como escrivão para conseguir cumprir as diligências da delação de Antonio Palocci. Em julho, o delegado Cleyber Malta Lopes também sofreu com o esvaziamento da equipe na condução do inquérito dos portos.

 

Confira: