PF: servidor do Ministério da Agricultura é investigado por corrupção


Um servidor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é o principal alvo da Operação Expurgo Avícola, deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (26/5). Cerca de 20 policiais cumprem seis mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal.
 
O homem é suspeito de prestar informações, assistência e consultoria para proprietários de granjas na região de Bastos, em São Paulo. O objetivo era burlar fiscalizações e oferecer subsídios da legislação para contestar eventuais autuações. Em contrapartida, as granjas beneficiadas contratariam o trabalho de consultoria e atividades oferecidas por integrantes da família do servidor.
 
Além dos mandados judiciais de busca e apreensão, foi determinado o afastamento cautelar do servidor de todas as funções, inclusive, com bloqueio de senhas e acesso a dados institucionais.
 
O nome da operação alusão à “ação de expurgar, limpar, retirar as impurezas” e, no caso, está relacionado às atividades supostamente irregulares mantidas entre servidor lotado no setor de fiscalização do ministério e proprietários de empresas de criação de aves.
 
Fonte: Metrópoles
Foto: PF / Divulgação

Compartilhar